3 passos para identificar se a sua empresa está preparada para um M&A

As transações corporativas podem acontecer por diferentes motivos e mesmo que os processos de fusão tenham uma perspectiva diferente dos processos de aquisição, existem pontos essenciais a serem considerados pelas partes em qualquer um dos cenários, independentemente da posição em que se encontram no processo, seja como empresa compradora ou vendedora ou como empresa que irá incorporar ou a ser incorporada. Vamos entender melhor o M&A Fusão e Aquisição.

  1. A possibilidade de M&A (Fusão e Aquisição) é bem recebida pelos sócios?

Se esta resposta for positiva, poderemos analisar as demais questões. Caso contrário, devemos parar por aqui. Iniciar um processo de M&A (Fusão e Aquisição) com sócios atuando em campos opostos refletirá negativamente em todo o processo. Diversos entraves haverão de surgir ao longo do processo de negociação e, pode, até mesmo, desencadear uma disputa litigiosa extremamente danosa ao negócio. Portanto, o primeiro passo é garantir que o processo de M&A (Fusão e Aquisição) está alinhado ao interesse dos sócios.

  1. O processo de M&A (Fusão e Aquisição) é condizente com o planejamento estratégico de criação de valor do meu negócio?

O ponto principal, neste quesito, é compreender se o potencial de criação de valor decorrente do processo de M&A (Fusão e Aquisição) atende as perspectivas estratégicas das empresas e/ou sócios. Independentemente da posição que esteja, é importante analisar se mesmo diante dos riscos envolvidos e esforços necessários, o resultado potencial da transação será satisfatório para os anseios que estão postos naquele momento.  Por exemplo: se a empresa “A” atua estrategicamente visando dobrar o seu faturamento nos próximos 5 anos, não faz sentido incorporar ou adquirir empresas com faturamento inexpressivo comparado ao seu.

  1. Os dados e as informações gerenciais são confiáveis?

Os dados e informações serão a base de todo o processo e serão auditados. A outra parte agirá com diligência para se certificar da veracidade das informações, bem como na busca de potenciais passivos. Assim, dados e informações com baixa qualidade, além de impactar no valor da transação pode até levar a desistência da outra parte no negócio.

Portanto, antes do iniciar um processo de M&A (Fusão e Aquisição), certifique-se de que há o alinhamento entre os sócios, busque opções que possam atender as suas perspectivas de criação de valor do seu planejamento estratégico e atue no sentido de atestar pela qualidade dos dados e informações disponíveis.

A Alianzo possui uma área dedicada às transações corporativas, capacitada para lhe dar o suporte necessário durante todo o processo, desde o planejamento e avaliação dos ativos até às negociações do contrato final. Uma assessoria qualificada te guiará as dar os passos corretos. Não perca tempo, entre em contato agora com a Alianzo.

Descubra agora

como está o nível da entrega da sua contabilidade!

Sua empresa

é obrigada a fazer auditoria?

Últimos posts:

Cultura

Alianzo Inaugura Escritório em Houston, Texas – EUA e assume novos desafios internacionais

Cultura

Alianzo expande sua presença nacional e inaugura sede em Cuiabá – MT  

Tributos

Reforma tributária 2023: o que é, qual é o cenário atual e o que muda? 

Cultura

Alianzo garante presença no ranking Great Place to Work pelo 4º ano consecutivo enquanto se destaca entre as 10 melhores empresas do Centro-Oeste 

Tributos

Governo Federal poderá cobrar IRPJ e CSLL sobre benefícios fiscais de ICMS concedidos pelos Estados de acordo com decisão do STJ.

Estruturação Societária

Governo de São Paulo mantém imposto sobre heranças e doações (ITCMD)