EnglishPortugueseSpanish

3 propostas de orçamento empresarial e como elas impactam na gestão do seu negócio

orçamento empresarial

Afinal, o que é orçamento empresarial?

Quanto sua empresa precisa faturar para fechar o mês com as contas em dia? Quanto você pretende lucrar ao longo do ano? Este lucro desejado é possível? Gerir de maneira intuitiva, confiando na veia empreendedora pode até dar certo, mas a falta de planejamento, orçamento empresarial e definições claras de objetivos que garantirão o sucesso do seu negócio podem fazer a sua empresa fechar as portas antes do que você imagina. Essas perguntas podem ser respondidas no artigo abaixo, sobre orçamento empresarial. 

Elaborar o orçamento empresarial é uma ferramenta indispensável dos pequenos aos grandes negócios. Ele representa, na forma monetária, as metas e objetivos que são definidos por uma empresa, estimando o volume de receitas a serem auferidas, os gastos associados e os investimentos necessários para manutenção da empresa ao longo do tempo, em geral, pelo prazo de um ano.

Uma vez definido o orçamento empresarial, é possível acompanhar ao longo do tempo o quanto as suas projeções estão se confirmando e, caso não se comporte conforme esperado, tomar as medidas necessárias a tempo para que seu negócio permaneça sustentável. Por se tratar de projeções futuras, é possível que haja falhas ou imprevistos, cujos impactos podem ser minimizados com o monitoramento constante.

Construindo o orçamento empresarial

Na hora de construir o seu orçamento empresarial, é possível utilizar-se de três diferentes propostas orçamentárias: o orçamento tradicional ou incremental, o orçamento matricial e o orçamento de base zero. O orçamento tradicional é a base conceitual para os demais. Vamos entender como é cada um deles e como isso funcionaria sua sua realidade comercial.

O orçamento tradicional é elaborado utilizando os dados históricos, ou seja, o orçamento do próximo ano é elaborado com base no comportamento das vendas e dos gastos do exercício anterior, atualizando os valores com base em projeções inflacionárias ou de crescimento, de forma que as metas do passado, são replicadas para um outro ano. De forma geral, nestas situações cada área do negócio tem autonomia na gestão dos recursos que lhe são disponibilizados e isto lhe permite fazer compensações. Um exemplo hipotético disto é um setor que previa no orçamento empresarial a troca de mobiliário e não o realiza para que estes recursos possam ser destinados a pagamento de horas extras.

Já a proposta de orçamento matricial surgiu justamente para “combater” esta fragilidade do orçamento tradicional: a possibilidade de compensação de gastos em decorrência da autonomia das áreas. No orçamento matricial, cada conta contábil passa a ter um “dono”, independentemente da área que está sendo realizado a despesa. Exemplificando: os gastos com energia são realizados por todas as áreas da empresa, mas, cabe a área administrativa controlar o gasto total com energia. Assim, o gestor da conta exerce este controle e evita a possibilidade de compensações nas áreas.

Orçamento Empresarial Base Zero

Por fim, o orçamento de base zero é um contraponto a perspectiva incremental do orçamento e como o próprio nome sugere, é elaborado integralmente do zero, realizando análise crítica tanto das receitas quanto dos gastos. Funciona como uma espécie de autocrítica da empresa.
Quanto maior o grau do desafio enfrentado no momento pela empresa, maior a evolução nas práticas de gestão e mais profundas as necessidades de mudança na organização. Neste contexto, o orçamento empresarial além de expressar na forma monetária as metas definidas, é uma ferramenta essencial para acompanhamento da rotina do negócio e para o processo de tomada de decisão.

Quer ajuda para elaborar um orçamento empresarial ou entender qual tipo melhor atende a realidade da sua empresa? Entre em contato com a Alianzo, pois nosso negócio é gerar valor para o seu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Alguns Clientes


Obrigado! Você está cadastrado em nossa Newsletter!